Desktop com tela inicial do Facebook Business, representando campanhas de mídia online

Por Que Investir em Campanhas de Mídia Online

Criar uma estratégia assertiva de marketing digital é um verdadeiro desafio. Para muitas empresas, a grande diversidade de meios e formatos é uma faca de dois gumes: ao mesmo tempo em que oferece possibilidades, torna o trabalho de decisão sobre quais caminhos seguir um verdadeiro problema.

Marketing é uma ciência e na internet essa premissa nunca foi mais verdadeira. Tanto é que a escolha de canais, formatos, tom de comunicação e até mesmo o horário em que se faz uma postagem é determinante para conseguir bons resultados. São muitas variáveis envolvidas num planejamento de marketing, como a escolha pela estratégia orgânica ou paga

Neste artigo, vamos apresentar as principais características de cada tipo e como criar boas campanhas de mídia online. Mas, antes, vamos entender a diferença entre alcance orgânico e pago na internet.

Alcance orgânico versus alcance pago

Alcance orgânico

Bons resultados em alcance orgânico são o sonho de profissionais que trabalham com mídia online. O resultado orgânico não só é mais barato – afinal, nada se paga para que aquele anúncio seja visto, fora a sua produção – como também é mais indicado a longo prazo.

Na aposta orgânica, os resultados são conquistados após muito tempo e trabalho investidos. Porém, vale ressaltar que as redes sociais diminuíram consideravelmente o alcance orgânico dos perfis das empresas, como é o caso do Facebook, que passou a reduzi-lo a partir de 2014. 

Segundo o vice-presidente de Tecnologia de Publicidade do Facebook, Brian Boland, um dos principais motivos para adotar a nova estratégia é a gigantesca quantidade de conteúdo na rede, que resulta em competitividade no Feed de Notícias. 

Boland também defendeu que a proposta da rede social é levar conteúdo relevante para o usuário. A partir de então, o parâmetro para exibição de conteúdos mudou completamente. Hoje, o alcance orgânico das páginas empresariais caiu de 16% para 6,5%. 

Alcance pago

O alcance pago, por sua vez, é obtido através de impulsionamento de posts e criação de campanhas de mídia online. A opção é ideal para quem precisa de bons resultados num curto prazo.

A entrega dos anúncios patrocinados é baseada no perfil dos usuários. Nas redes sociais, as páginas curtidas, postagens com as quais se engaja e tendências de pesquisa são o que determina se uma pessoa receberá determinado conteúdo. Nos buscadores, por outro lado, os termos de busca pesquisados são o que definem os anúncios que a impactarão.

Os anúncios pagos permitem que se controle quem receberá seu anúncio, por quanto tempo, onde ele será veiculado, além de diversos outros fatores. Por outro lado, não basta criar uma campanha, é preciso que ela tenha uma estratégia sólida e seja bem executada. Mas, afinal, como conseguir isso?

4 passos para a criação de campanhas de mídia online

Campanhas de mídia paga bem executadas podem entregar resultados excepcionais. Vale ficar atento ao fato de que tanto os buscadores quanto as redes sociais vêm aperfeiçoando seus algorítmos para que seus resultados sejam ainda mais assertivos.

Por isso, fique atento a esses 4 passos essenciais ao criar campanhas.

1. Conheça bem sua persona

O primeiro passo para começar a criar campanhas de mídia online de sucesso é entender bem com quem se está comunicando. 

Quem é o seu público ideal? A que horas ele faz suas compras e consome conteúdos online? Em que redes sociais estão? Que temas o engajam e que assuntos fogem de seu interesse? Trata-se de uma mulher ou de um homem? Qual a sua idade?

Uma buyer persona é a representação semi-fictícia do seu público-alvo e ela é quem dará os principais insights para a sua comunicação.

2. Domine as ferramentas de campanhas de mídia online

O Facebook e o Google contam com uma grande variedade de ferramentas para a criação de campanhas e acompanhamento das métricas essenciais para o seu negócio. Nelas, é possível segmentar o público por:

  • gênero,
  • idade,
  • localização,
  • interesses,
  • comportamentos,
  • e muito mais.

Existem diversas redes sociais e motores de busca, mas neste artigo vamos apresentar as principais ferramentas oferecidas pelo Facebook – que também integra o Instagram – e pelo Google, o maior buscador atuamente.

Ferramentas oferecidas pelo Facebook

O Facebook conta com muitas opções para aprimorar suas campanhas. Dentre elas, podemos mencionar:

  • Rastreamento de Conversão: permite que se acompanhe o histórico de um visitante que chegou a um site após ser impactado por um anúncio na rede;
  • Insights de Público: oferece informações sobre o público pretendido;
  • Públicos Personalizados: direciona anúncios, de acordo com uma base de e-mail, ou aqueles que já acessaram ao site;
  • Públicos Semelhantes: direciona anúncios a públicos semelhantes aos seus;
  • Facebook Exchange: encaminha anúncios a usuários que visitaram serviços em seu site ou páginas de produtos semelhantes.

O Facebook permite o acompanhamento de suas campanhas em tempo real e a criação de relatórios personalizados. Isso possibilita: 

  • controle das métricas que fazem sentido para o negócio;
  • otimização do tempo;
  • retorno garantido do investimento;
  • anúncios entregues para as pessoas certas;
  • controle dos gastos em tempo real.

Ferramentas oferecidas pelo Google

São diversos recursos oferecidos pelo buscador.

  • Google Analytics: nele se tem acesso à quantidade de visitantes a um site (em tempo real e por período personalizado), à tecnologia utilizada durante o acesso, ao engajamento em todo o site e em páginas específicas, às fontes de tráfego, às páginas e palavras-chave com maior classificação;
  • Keyword Planner: é a ferramenta de planejamento de palavras-chave, que permite conhecer os termos melhor ranqueados no buscador, seu custo por clique (CPC) e dificuldade;
  • Google Search Console: a ferramenta oferece uma espécie de análise da saúde de um site, como problemas de rastreamento, URLs bloqueadas e malware. Nele também há um controle do tráfego do site, de backlinks e outras funcionalidades.

Essas são apenas algumas das ferramentas essenciais para quem trabalha com campanhas de mídia online. Conhecê-las é essencial para o sucesso de seus anúncios.

3. Acerte no formato das suas campanhas e no design de suas peças de mídia online

Existe um universo em torno da concepção de um anúncio e sua criação. 

Mais do que um visual atrativo, é essencial entender que formato atrai sua audiência – seja imagem ou vídeo – que fatores tornam essa peça amigável a quem vai recebê-la, se ela comunica os valores da marca, se segue o branding e apresenta os diferenciais do produto e que fatores contribuem para a experiência do usuário.

Não é uma tarefa simples e envolve a visão de diversos profissionais, desde a concepção da estratégia de comunicação até o desenvolvimento coerente das peças.

4. Por fim, monitore diariamente seus resultados

O trabalho não termina quando se publica uma campanha. O acompanhamento em tempo real e os ajustes fazem parte do trabalho e isso é possibilitado pelo retorno da performance – em tempo real – que as ferramentas de campanha disponibilizam.

Nesse sentido é essencial contar com profissionais alocados e especialistas no assunto. A Fastdezine conta com um time de mais de 400 profissionais especialistas em suas áreas para atender as suas necessidades, tanto no design quanto na performance das suas campanhas de mídia online. Entre em contato conosco!

Posts recentes

Receba mais notícias sobre a fastdezine

Open chat
Olá! Vamos bater um papo sobre como o outsourcing pode ser a solução para os seus problemas de Marketing?
Powered by