Perfil no Linkedin em 11 passos

Otimize Seu Perfil no LinkedIn em 11 passos!

Você tem um perfil no LinkedIn? Provavelmente, a resposta para esta pergunta é sim. Afinal, fazer parte da rede social, hoje, é indispensável para quem está no mercado de trabalho.

Com quase 600 milhões de usuários e disponível em mais de 200 países, o LinkedIn é a rede número um de network profissional em todo o mundo.

Mas, para marcar uma boa presença ali, é preciso ir muito além do cadastro. 

Você sabe o que é indispensável para destacar o seu perfil no LinkedIn?

Continue a leitura e conheça 11 passos para ter um perfil campeão!

Boa leitura.

Como funciona a rede social?

Quando falamos em redes sociais e Google, algorítimo é a palavra-chave.

Portanto, para ter um perfil campeão no LinkedIn é preciso entender o que a plataforma espera de você!

De acordo com os dados do próprio LinkedIn, pessoas que possuem um perfil completo têm 40 vezes mais chance de receber oportunidades de trabalho.

Vale ressaltar que 40% dos usuários da plataforma se conecta diariamente e, anote: interagir com as pessoas na rede é uma ótima prática

Mas, não se preocupe com o “gasto” de tempo. Com apenas alguns minutos por dia você já cumpre esse requisito.

O algorítimo do LinkedIn leva em conta outros requisitos para ranquear um perfil:

  • A reputação;
  • O engajamento de outras pessoas com o seu conteúdo; 
  • E a sua relação com temas que estão em alta na rede. 

Há, também, o Social Selling Index (SSI) – um indicador do LinkedIn voltado para pessoas ou empresas que desejam fazer negócios.

Ele é composto de 4 categorias que avaliam e comparam o desempenho dos usuários na rede. São elas:

  • Estabelecer uma marca profissional;
  • Encontrar as pessoas certas;
  • Trazer insights nos conteúdos;
  • Construir relacionamentos.

Este indicador é um critério que define a ordenação dos resultados das buscas.

Mas, afinal, como isso funciona, na prática?

Veja, a seguir, 11 dicas para turbinar o seu perfil no LinkedIn.

Perfil no LinkedIn otimizado em 11 passos

Um perfil campeão não vem de graça. Mas, com alguns cuidados é possível conquistar uma boa posição.

1.  Mantenha o perfil atualizado, sempre

É importante que seu perfil esteja o mais atualizado possível. Dessa forma, você se mantém numa boa posição.

Coloque toda nova experiência profissional que tiver, como: cursos, treinamentos, prêmios ou novo emprego.

Vale incluir cargo, competências, região onde vive, habilidades técnicas e pessoais, idiomas, etc.

A interação com as outras pessoas também conta. Você pode comentar na publicação de colegas, avaliá-los e marcá-los em fotos.

2. Utilize uma boa foto de perfil e de capa

É recomendado utilizar uma foto de perfil profissional e uma foto de capa mais neutra, mas dependendo do seu ramo, você pode optar por menos formalidade.

Tudo depende do tipo de impressão que você deseja passar para quem visitar a sua página.

Lembre-se: um perfil sem foto não é atrativo, não passa credibilidade.

3. Se descreva

Um bom perfil no LinkedIn exige uma descrição da pessoa que está se apresentando.

Afinal, se alguém entra na sua página, ela quer saber quem você é! Mas, seja verdeiro, isso é muito importante.

Confira um checklist para escrever a sua bio:

  • Fale sobre você;
  • Descreva seus interesses profissionais;
  • Defina sua área de atuação;
  • Fale sobre suas motivações;
  • Coloque informações de contato.

4. Use palavras-chave

O Google não é o único a considerar o uso de termos de busca para o ranqueamento de páginas.

Para chegar ao topo dos resultados de pesquisa no LinkedIn, as palavras-chave também são essenciais.

Para escolhê-las, basta pensar nos termos usados na sua área. Vale considerar também que palavras as pessoas usariam para encontrar profissionais como você.

Insira essas palavras no título do seu perfil no LinkedIn, na sua biografia e nas descrições dos seus empregos.

5.  Defina bem seus objetivos

É muito importante que o seu propósito esteja muito claro para quem visita o seu perfil.

Você busca uma recolocação profissional? Deseja mudar de área? Fazer parcerias?

Esse ponto pode demandar mais atenção, afinal, antes de responder essas perguntas a alguém é preciso respondê-las para si mesmo.

6. Seja verdadeiro

Nunca compartilhe posts ou fotos apenas para manter o seu perfil atualizado. 

Tudo o que você comenta, publica ou compartilha deve ser verdadeiro – acredite, as pessoas sabem quando alguém está apenas “querendo aparecer”.

Por isso, é tão importante definir quais são os seus valores.

Mostre como é seu trabalho, como você o executa. Fale de suas dores e da realidade do mercado.

Compartilhe artigos, experiências, conhecimentos e práticas. É importante mostrar como você lida com os desafios.

7. Preencha sua localização e segmento de mercado

Informe cidade, estado e país onde você vive. Assim, pessoas que estão na mesma região terão facilidade em te encontrar.

Se desejar buscar vaga em outro lugar, apresente o local de interesse.

Preencha também o campo de segmento de mercado. Com isso, recrutadores podem encontrar você muito mais rápido.

8. Crie conexões

Uma das primeiras alternativas aos novos usuários é a opção de se conectar com outras pessoas. 

Assim que preenche o seu perfil, uma lista sugestões de amizades se forma, levando em consideração a universidade onde você estuda ou estudou, as empresas onde você trabalhou, etc.

Vale se conectar com colegas de trabalho, gestores e até seguir quem você admira.

9. Personalize a URL do seu perfil

É importante que a URL do seu perfil esteja relacionada com algum termo que lembre seu trabalho, sua marca, sua área de atuação ou seu nome.

Veja alguns exemplos:

  • /seunome/
  • /suaempresa/
  • /suamarca/

10. Adicione seções ao seu perfil

Adicionar seções ajuda a organizar a sua apresentação. Além disso, aumenta as chances do seu perfil ter mais visualizações. 

Mantenha seu histórico profissional completo e categorizado. Isso permite que você construa uma rede de pessoas que têm os mesmos interesses que você.

11. Use CTA’s para promover links

Você tem um portfólio no Behance, um site ou outra página externa que vale a pena compartilhar? Acrescente esses links à sua descrição, experiências profissionais e publicações.

Incluir links convidando as pessoas a conhecer mais a fundo quem você é, é uma ótima oportunidade para gerar negócios.

Conclusão

Mais do que fazer uma conta, criar um perfil profissional no LinkedIn pode ser um exercício de concretização de quem você é e do que deseja.

Criar um perfil no LinkedIn, mantê-lo ativo e completo certamente vai ajudar você a expandir seu horizonte profissional.

O que acha de começar a fazer isso hoje?

Posts recentes

Receba mais notícias sobre a fastdezine

Open chat